Família Oliveira

Salem

Salem foi comprado num pet shop em Campo Grande, ele tinha um mês, assim que vi aquele montinho de pêlos na gaiola fiquei louca e não resisti, ele tem personalidade forte, é dengoso, carinho só quando ele quer, adora brincar com bolinhas de papel, ronronante e apaixonado pela Nina e me acorda se eu não ouvir o despertador, ele sobe na cama e lambe meu nariz até eu acordar, é tão fofo!!!

 

 

Nina

 

Nina foi encontrada no lixo por uma senhora que mora perto da minha casa, deveria ter uns 04 meses, fui a casa dessa senhora para escolher um gatinho para fazer companhia ao Salem e eram muitos gatinhos e estava difícil fazer uma escolha, até que a Nina foi mostrada pra mim e quando a peguei no colo, ela me agarrou no pescoço com tanto carinho que eu não tive dúvidas, levei-a pra casa, estava com muitos vermes e comia tanto que parecia que a comida ia fugir dela. Cuidei dela com todo meu carinho e hoje é uma gatinha linda, gorducha, ronrona alto a bessa, amassa pãozinho que é uma delícia e defende a casa como uma leoa.

 

 

Zeus

 

Zeus foi presente da minha amiga Cecília Breves, eu sempre quis ter um gatinho preto. Ele foi encontrado com rinotraqueite, muito debilitado, Cecília cuidou dele, castrou e me presenteou. Zeus é um gatinho muito calmo, quase não mia, preguiçoso que só, dorme muuuuiiiito, adora amassar pãozinho e dormir no meu colo.

 

 

Tina em: me deixa dormir!

 

A Tina foi escolhida pela minha irmã de uma ninhada que eu ajudei a cuidar para minha amiga Kika, seus irmãozinhos foram doados e a Tina ficou na minha casa até minha irmã levá-la, só que ela desistiu e com o passar dos dias, a Tina foi se apegando a mim e eu a ela, nasceu um amor lindo e não sei ficar sem ela. Tina é uma espoleta, corre a casa toda, brinca com tudo que vê no chão, tem um jeitinho todo especial de me pedir carinho, com miadinhos tão fofos e irresistíveis e quando quer brincar com bolinha de papel faz questão que eu participe. Ela traz a bolinha pra perto de mim e dá um miadinho me mostrando que está na hora de brincar. Eu jogo a bolinha e ela vai atras pegar e isso dura muuuuuiiiiiito tempo, até que nós duas cansamos e dou carinho a ela.

Meus gatinhos são a razão da minha vida, os amo muito.

Francine Oliveira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: