Família da Manuela

Sou a Manuela, uma das moderadoras da lista. Desde maio estou morando no Canadá (em Québec) e esta é a razão pela qual estava um pouco sumida (comparando com meu anterior índice de mensagens diárias). Enfim, no momento estou sem nenhum bichinho para me fazer companhia nessa terra gelada (cof cof cof que tá o maior calor aqui). Mas, estou morrendooooooooo de saudades de cada um deles que estão na casa de minha mãe, onde eu morava no Brasil. Enfim, as gatas Malu e Liriel são de minha mãe e lá permanecerão por enquanto. Os cães, Lance e Merlim, são meus, mas só poderão vir se juntar a mim daqui a alguns meses.

Vamos a parte da apresentação que é mais importante: os bichinhos! Para não gerar ciúmes desnecessários nos bichins vou colocar por ordem de idade.

Merlim

Merlim, poodle médio cinza com 14 anos completos. A vida dele se resume a um único objetivo diário: comer. Está revoltadissimo porque diante do aumento considerável de sua circunferência o veterinário mandou maneirar na quantidade de sua comida diária em 10%. Por ser altamente alérgico ele só come peru, legumes e arroz integral, cozidos especialmente para ele, então apesar de ter perdido na quantidade, ganhou na qualidade da comida. rs. A foto é um pouco antiguinha, pois ele tinha uns 10 anos na ocasião. Continua o mesmo foofo, só que uns 3 kg mais gordo.

Lancelote

Lancelote (in memorian, 13/06/12), poodle toy 12 anos. É meu bebê espoletinha. Ninguém diz que tem essa idade, pois continua dando seus pinotes e fazendo artes como um filhote. Depois que me mudei conseguiu convencer minha mãe que a cama dela (com o unico ar condicionado da casa) era o perfeito lugar para ele dormir. E olha que minha mãe implicava todo dia com ele. Enfim, agora manda em minha mãe, fazendo ela abrir e fechar a porta do quarto a seu bel prazer. A foto também é antiguinha, de uns 4 anos atrás, mas dá para ter uma ideia da cara de sapeca do individuo.

Malu

Malu, SRD de quase 11 anos. Foi recolhida na praia por minha mãe após ter sido chutada por um imbecil quando tinha apenas uns 2 meses. Chegou em casa mancando mas logo ficou boazinha. É uma gatinha muito fofa, cheirosa e que deixa colocar no colo numa boa. É como uma cachorrinha, pois ela está sempre do nosso lado e atende quando chamamos pelo nome. E é uma top model que não se permite engordar muito.

Liriel

Liriel, SRD 10 anos, filha de Malu (pois é minha mãe só deixou castrar depois de duas ninhadas – 11 filhotes – em 3 meses) é mais arredia, bem na dela e gulosa. Não se parece muito com a mãe, além da cor, pois é grandona, gorda emais redondinha de rosto. Não gosta de ir para o colo, mas toda noite ia dormir nos meus pés. Agora, dorme nos pés de minha irmã. Ah, preciso esclarecer que Liriel é uma menina, apesar do nome que poderia indicar o masculino. Liriel é o nome de uma das luas de Darkover, planeta de uma das séries de ficção de Marion Zimmer Bradley, a mesma autora das Brumas de Avalon.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: