Resgatei um filhotinho, e agora?

11 set
564426_190501871083135_871534390_n

Publicado por  em quarta-feira, setembro 11, 2013 · Comente

Algumas vezes estamos andando pelas ruas e nos deparamos com uma caixa de papelão. Isso já dá aquele frio na espinha né, porque como bons protetores de animais, logo pensamos: será? Será que é o que nós não gostaríamos que fosse?

E aí a curiosidade e a consciência não nos deixam escapar, nos levando direto à caixa de papelão onde constatamos: sim! Filhotinhos de gatos!

E porque não gostaríamos que fosse? Pelo simples fato de ser complicado fazer com que a ninhada, muitas vezes nova demais, sobreviva sem a mãe.

Como aqui no gatil Chico nós já resgatamos muitos filhotes, tanto ninhadas recém-nascidas quanto um pouquinho maiores, acabamos aprendendo na prática algumas coisas simples que fazem toda a diferença na hora de cuidar desses pequenos.

Resgatou filhote com olhinho fechado

Os filhotes de gatos e cachorros nascem com olhos fechados e só abrem a partir do 9° dia de vida. A mãe sempre lambe como forma de limpeza e estímulo para a abertura dos olhos, mas nós NÃO devemos forçar essa abertura. O que você pode fazer é passar suavemente um algodão umedecido em soro fisiológico para limpeza diária e deixe que os olhinhos vão se abrindo sozinhos e naturalmente.

Dos primeiros dias aos 3 meses de idade

Alimentação:

A primeira e importante dica é: o gatinho não vai aceitar a mamadeira assim com tanta facilidade, você vai ter de forçar um pouco a mamadeira na boquinha dele (com delicadeza, claro), e apertar levemente para que o gatinho sinta o leite. Assim ele vai começar a associar que deve sugar e então começará a mamar. Insista até ele mamar naturalmente, alguns filhotes resistem um pouco, demoram para aprender, mas você deve insistir.

Muitas receitas giram por aí, já tentei todas e comprovei muita coisa, a mais importante é que leite de vaca não sustenta! Não adianta, você pode dar a cada 2 horas leite de vaca com ovo, com isso e aquilo, não adianta, mesmo assim o gatinho vai enfraquecendo, pois não tem os nutrientes que ele necessita.

A melhor receita até hoje, com a qual já salvamos muitos filhotes é dar LEITE DE CABRA. Muito usado até para bebês humanos recém-nascidos, pois têm muitos nutrientes e sustenta maravilhosamente bem!

Adicione pitadas de açúcar ao leite, de forma que fique levemente doce.

Se o gatinho têm apenas dias de vida, dê o leite de cabra morninho a cada 2 ou 3 horas ou a cada vez que ele pedir, assim se sentirá sustentado, dormirá bastante e te dará algumas horinhas de folga rs
Na segunda semana que ele estiver com você, na panela que você deixar o leite, coloque uma ou duas ameixas, isso ajudará no intestino do gatinho, ela soltará nutrientes no leite e fará com que o gatinho não sinta cólicas por causa do intestino preso.

Depois de um mês apenas no leite de cabra levemente adoçado, você pode adicionar Mussilon de arroz ( o de aveia dá diarreia). Isso faz com que o filhote fique mais sustentado, durma melhor e sinta menos fome, dando maior intervalo nas mamadas.

Filhotes nessa idade precisam de estímulo para fazerem suas necessidades fisiológicas, algo que imita muito bem a língua da mãe gata é papel higiênico seco. Você deve passar suavemente nas partes “íntimas” do gatinho, ele certamente fará muito xixi.

Por só se alimentar de leite, fará cocô a cada dois dias, mas vá estimulando sempre.

Quando sentir fome, o filhote começará a miar muito, o ideal é, antes de dar mamadeira, você estimular o xixi dele, dessa forma mama tranquilamente e dorme logo em seguida, ou brinca um pouco, mas não ficará miando por causa das necessidades fisiológicas.

Algumas vezes as pessoas dão mamadeira, mas o gatinho continua miando, isso porque eles querem fazer xixi mas precisam do estímulo, por isso é importante estimular antes da mamada.

Nessa idade eles sentem muito frio, são muito frágeis e indefesos, incapazes de se esquentarem sozinhos, mesmo que estejam em ninhada.

Você deve esquentá-los colocando uma bolsa térmica quentinha (MUITO cuidado para que a bolsa não esteja quente demais, atenção redobrada nisso!). Coloque a bolsa quente e um pano por cima dela, assim os gatinhos não ficam em contato direto.

Pode também colocar uma lâmpada, dessas amarelas mesmo. Coloque os gatinhos em uma caixa de papelão com panos e meça de 3 a 4 palmos de distância dos gatinhos, então coloque a lâmpada acessa.

Verifique com suas mãos a cada hora, se não está quente demais para eles. Caso esteja, aumente a distância da lâmpada.

Início da Ração

Quando ele completar por volta de um mês e meio, você pode começar a oferecer ração úmida bem molinha, ração de filhote molhada ao leite ou sachês para instigar o ato de mastigar.

Com aproximadamente 2 meses você pode começar a oferecer ração de filhote seca, eles já terão os dentinhos e estarão começando a se adaptar bem a nova alimentação.

Aos poucos eles não vão precisar de estímulos para fazer as necessidades e você poderá ir deixando perto deles a caixa de areia, é instintivo do gatinho fazer as necessidades ali e enterrá-las.

É sempre bom você levá-lo ao seu veterinário de confiança para vermifugar, oferecer alguma vitamina adicional para fortalecer a alimentação e outros cuidados básicos como vacinação.

Lembre-se que filhote de gato, cachorro ou qualquer outro animal é igual a um bebê humano, requer cuidados, carinho e paciência.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: