Lábio Leporino e Fenda Palatina em Cães e Gatos

12 mar

via DICAS PELUDAS by DENISE DECHEN on 3/12/13

Slide1.JPG
Lábio Leporino, é quando ocorre a abertura na lateral dos lábios superiores, entre a boca e o nariz, pode comprometer também dentes, gengivas, maxilar superior e o próprio nariz. Esse problema muitas vezes está associado à Fenda Palatina , que é uma abertura no céu da boca que permite a comunicação direta entre a cavidade oral com o aparelho nasal. (1)
A ocorrência combinada de lábio leporino e fenda de palato secundário é comum, sendo rara a ocorrência isolada do lábio leporino; mas pode ocorrer. Mesmo que se apresentem juntos, são anomalias distintas, pois acontecem em diferentes estágios de desenvolvimento da gestação.
Slide5.JPG

LÁBIO LEPORINO (também chamado de lábio fendido)
Pode ser uni ou bilateral e sua correção é muito mais por motivos estéticos que funcionais.
Slide3.JPG

Slide2.JPG

Causa – Essas aberturas resultam do desenvolvimento incompleto do lábio e/ou do palato (céu da boca), quando seu fechamento durante a gestação é incompleto. Nas fissuras mais comuns o lado esquerdo e o direito do lábio não se juntam, ficando uma linha vertical aberta. A mesma situação pode acontecer com o céu da boca ou palato. Em casos mais raros pode haver duas fissuras no palato, uma do lado direito e outra do lado esquerdo. é observada pré-disposição genética, mas tabém pode ocorrer por circunstâncias ambientais durante a gravidez

FENDA PALATINA (ou defeito palatal)
A Fenda palatina pode ser congênita (quando o paciente já nasce com) ou adquirida durante a vida.
Slide4.JPG

As fendas congênitas apesar de estarem presentes desde o nascimento, muitas vezes só são percebidas mais tarde.

Predominância – Cães de raça, sendo os braquicéfalos e os gatos Siameses os mais comumente afetados. Nota-se também uma predisposição maior nas fêmeas. É recomendada a castração de animais portadores desta anomalia, por ter perfil hereditário.

Causas – Fatores hereditários, fatores hormonais, nutricionais (no caso da deficiência de ácido fólico (ferro),ou o excesso de vitaminas A e D), Toxoplasmose, remédios,agentes tóxicos, traumatismos intra- uterino.

As fendas adquiridas, elas podem ocorrer em função de algum tipo de trauma quando por exemplo, um corpo estranho causa uma perfuração,ferimentos por mordeduras, armas de fogo, doença dentária, choques elétricos, câncer e tumores que afetam o osso que compõem o palato secundário (incisivo, maxila e palatino). Gatos adultos que caem de lugares altos também podem criar uma fratura no palato duro, que permanece aberto, criando assim uma fenda.

Sintomas – Dificuldade de mamar, regurgitação nasal, falha no desenvolvimento e crescimento, infecção respiratória, drenagem de leite pelas narinas durante a mamada ou logo após, tosse, engasgos e espirros.

Diagnóstico – Este é feito através do que é relatado pelo dono do animal, somado a um exame clínico detalhado e inspeção da cavidade oral pelo veterinário, para que se descarte a presença de um corpo estranho ou um caso de rinite ou até mesmo uma pneumonia

Prognóstico – A cirurgia reconstrutiva é indicada para animais que nascem com fendas. Muitos dos que não são submetidos ao procedimento corretivo com a função de reconstruir o assoalho nasal acabam vindo a óbito. Diferente do que ocorre nas fendas adqueridas onde pode ocorrer cicatrização por segunda intenção, nas fendas congênitas, não ocorre cicatrização expontânea.

A cirurgia – Cuidados, preparos pré e pós operatórios, tratamentos, escolha da técnica operatória , você pode ler AQUI

Lembre-se de sempre procurar um Veterinário de sua confiança ou indicado por amigos. Converse com ele ,tire todas as suas dúvidas.

Slide6.JPG
Fontes pesquisadas:
http://thaisevet.blogspot.com.br/2012/07/fenda-palatina-congenita.html
http://odontoblogpv.blogspot.com.br/(1)
http://www.minhavida.com.br/saude/temas/labio-leporino http://www.revista.inf.br/veterinaria20/revisao/RL201201.pdf

SEJA GENTIL PARTILHE MAS NÃO ESQUEÇA DE DAR OS CRÉDITOS

DENISE DECHEN (http://dicaspeludas.blogspot.com.br/)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: