PROGRAMA PREVENTIVO DE SAÚDE PARA O GATO IDOSO

6 fev

via www.blogfelino.com.br by blogfelino on 2/5/13

Por Dra. Heloísa Justen Moreira de Souza, Médica Veterinária, professora e doutora na UFRRJ, proprietária da Clínica Veterinária Gatos & Gatos, Rio de Janeiro, RJ.

Publicado no periódico Waltham News, edição Dezembro / Janeiro / Fevereiro de 2008.

veterinario gatos caxias 20

O programa preventivo de saúde para o gato idoso deve ser iniciado a partir da faixa etária de 7 a 11 anos de idade e deve continuar por todo resto de sua vida. Esse programa tem sido recomendado pela Associação Americana de Clínicos Especialistas em Felinos e pela Academia de Medicina Felina, num painel para reportar os cuidados com o paciente felino idoso.

Caso o gato não demonstre nenhum tipo de doença, este deve constar: avaliação completa da história médica pregressa e do comportamento do animal e exame físico completo. Esta investigação ajuda a estabelecer o que está normal e reconhecer o mais cedo possível o que está errado, tais como murmúrios cardíacos, dor, presença de rins irregulares e pequenos nódulos na tireóide. É fundamental avaliar o peso do animal e as condições corpóreas e compará-las com aferições anteriores, para verificar se houve perda ou ganho substancial.

A mensuração da pressão arterial pode ser feita de forma indireta usando o método Doppler, usando um aparelho de doppler e um esfignomanômetro manual acoplado a uma braçadeira. Assim, pode-se detectar hipertensão sistêmica antes que haja dano em algum órgão ou hemorragia ou descolamento de retina. O ideal para o valor da pressão no gato é 145 a 160 mmHg ou menos (pressão arterial sistólica).

A avaliação clínica laboratorial consiste em hemograma completo, proteínas totais séricas e creatinina, potássio, fosfatase alcalina, alanina aminotransferase, concentração de T4 total, urinálise e testes para FIV e/ou FeLV. Além disso, exames fecais devem ser feitos a gatos expostos a ambientes de risco.

veterinario gatos caxias 22A recomendação para pacientes que estejam portando alguma enfermidade é similar às anteriores mencionadas associadas aos exames específicos para as afecções.

Anúncios

Uma resposta to “PROGRAMA PREVENTIVO DE SAÚDE PARA O GATO IDOSO”

  1. Helene Hendricks 12/02/2013 às 10:53 am #

    A hipertensão primária (sem causa definida) é mais rara, mas já há estudos que dizem que 18 a 20% dos gatos hipertensivos tem hipertensão primária. A hipertensão secundária pode ser causada por hiperadrenocorticismo (doença hormonal que aumenta o cortisol sanguíneo), doença renal, doença da tireóide (hipo ou hipertireoidismo), diabete mellitos, doença hepática, uso de medicamentos como a eritropoietina e esteróides (corticóide), policitemia (aumento circulante dos glóbulos vermelhos no sangue), feocromocitoma (tumor na glândula adrenal, próxima ao rim), hiperaldosteronismo primário (aumento da aldosterona no sangue), anemia crônica e obesidade (incomum). A doença renal é a causa mais comum de hipertensão em pequenos animais. E a própria hipertensão, causada ou não por doença renal, pode provocar lesões renais. Mas deve-se lembrar que a ansiedade e o estresse do animal tamtambém aumentam a pressão arterial.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: