Intoxicação alimentar em gatos

23 nov

(By Gata Lili on 11/22/12)
download+(2).jpg

Uma grande parcela de proprietários de gatos ainda cede aos pedidos dos seus pimpolhos quando eles estão se alimentando. Dessa forma, é cada vez mais comum eles provarem diversos alimentos, os quais podem apresentar silenciosamente determinadas substâncias tóxicas ao organismo do seu felino.

Vejo de tudo por aí, como por exemplo, “Meu gato come tapioca, chocolate, suco”. Mas o que é preciso ser entendido é que esse tipo de atitude pode parecer bonitinho, fofinho, tudo ‘inho”, mas não é bem assim, viu?

A especialista em felinos, Ticiana Franco, alerta que nós gatos temos que comer ração específica para a espécie e da melhor qualidade possível. “Complementos como frutas e verduras só devem ser dados sob orientação veterinária e que estes alimentos (frutas) para gatos obesos ou diabéticos podem ser extremamente arriscados”, diz.

Hoje eu e meus irmãos comemos uma ração rica em valores nutricionais indicada pela tia Tici e estamos muito bem. Miau Miau…

Vilões
Cebola, café, chocolate, alho, uva, uva-passa e sementes de algumas frutas como maçã, pera, pêssego, damasco e ameixa são alguns ítens carimbados quando se trata de intoxicação em pets, incluindo os cães também.
download+%25283%2529.jpg

Por isso, amigateiras, é importante estarem atentas para esses detalhes, pois alguns alimentos aparentemente saudáveis e inofensivos podem afetar a saúde do seu miau. Veja mais detalhes logo abaixo e proteja seu pet!

Chocolate (teobromina)
De 6 a 12 horas após a ingestão, o animal apresenta náusea, vômitos, diarreia, dificuldade de respirar, sede e aumento da frequência respiratória, desidratação hiperatividade, arritimias, fraqueza, coma, mucosas azuladas, hipertensão e febre. Hoje existe chocolate específico para pets. Este que falo aqui são os comuns, consumido por humanos.
images+(7).jpg
Cebola (n-propril dissulfito)
Após 9 horas do consumo, o animal pode apresentar apatia, fraqueza, aumento da frequência cardíaca e respiratória e mucosas azuladas.

Uva e Uva-Passa
De 6 a 12 horas após a ingestão, o animal apresenta vômito, diarreia, anorexia, dor abdominal, fraqueza, desidratação, tremores e letargia. Após 24 a 72 horas, ocorre um aumento da ingestão de água e diminuição ou ausência de micção.

Sementes de Fruta (Ácido cianídrico)
Após alguns minutos da ingestão, o animal apresenta colapso, convulsões, aumento da frequência cardíaca e respiratória, hipotensão, convulsões, hiperventilação, coma e morte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: