ALOPECIA PSICOGÊNICA FELINA

11 jan

via www.blogfelino.com.br by blogfelino on 1/11/12

Por Joice Peruzzi, especialista em Comportamento Animal e Homeopatia. www.comportapet.com.br

A alopecia psicogênica felina (APF) é uma doença do comportamento caracterizada pelo cuidado excessivo com a pelagem por parte do felino, sem causas físicas aparentes. O animal faz lambedura e mastigação de seu pelame, gerando áreas de alopecia (falhas no pelo) localizadas, especialmente onde ele alcança com a língua e patas (abdome, flancos, membros e cauda). As lesões podem ser múltiplas ou únicas, geralmente sem alterações na pele; o excesso de lambedura pode machucar a pele e ter contaminação. É considerado um comportamento compulsivo por muitos autores, mas sua classificação ainda não é um consenso.

A lambedura excessiva é uma forma do gato lidar com estresse, ansiedade e frustrações. Alguns fatores ambientais podem predispor ao aparecimento desse comportamento, como a introdução de novos membros (gatos, pessoas, cães), mudanças territoriais, saídas de casa e/ou internações, confinamento e ambiente pobremente enriquecido. (foto do site www.simonscat.com)

Independente da causa, pode haver uma generalização do comportamento, quando passa a ser exibido mesmo após a extinção da causa. Isso dificulta o diagnóstico, pois nem sempre o proprietário consegue relacionar o início do comportamento a um fator específico.

Para fechar o diagnóstico é imprescindível descartar qualquer causa clínica, como parasitoses e dermatite alérgica, por exemplo. Outro fator importante é averiguar se o comportamento de lambedura do gato não causa uma comoção no proprietário, o que pode levar o animal a exibi-lo para chamar atenção.

Sempre devemos lembrar que gatos são extremamente higiênicos e que a lambedura é um comportamento extremamente normal para os felinos, ocupando cerca de 50% do tempo acordado deles. A lambedura excessiva se dá quando a maior parte do tempo acordado do animal é usada para desempenhar essa função, inclusive substituindo períodos de sono, e quando o ato causa alterações na pelagem. As fêmeas prenhes fazem lambedura excessiva na região mamária próximo ao parto, com o intuito de limpar a região, facilitando o acesso aos filhotes (ou seja, nesse caso, é normal).

O tratamento deve ser feito envolvendo técnicas para modificar o comportamento, enriquecimento e alterações ambientais e, quando necessário, utilizando medicações psicotrópicas. Como alternativa a essas, pode-se fazer uso de homeopatia.

O proprietário deve ser instruído a não dar atenção ao animal (nem mesmo xingá-lo, já que é uma forma de atenção) quando estiver demonstrando o comportamento em questão. Ele deve distrair o gato com algum som (como assobio, bater palmas, etc) e quando ele parar, deve receber atenção para não voltar a lamber. O uso de técnicas restritivas, como o colar elisabetano, não é recomendada, visto que podem aumentar a ansiedade e frustração do animal.

O tratamento precoce tem melhor prognóstico, mas normalmente a Alopecia Psicogênica Felina não é curada, somente controlada. Portanto, fatores estressantes devem ser evitados ao máximo em felinos que apresentam esse comportamento.

Anúncios

2 Respostas to “ALOPECIA PSICOGÊNICA FELINA”

  1. Laís 16/01/2012 às 1:09 pm #

    Foi o que aconteceu com o meu gato Martim quando nos mudamos de casa, ele teve que tomar fluoxetina por uns meses e aos poucos começou a curtir a nova vizinhança e fez muitas amizades (leia-se, ele brigava todas as noites com os gatos da rua), a casa anterior tinha um terreno muito grande e cheio de árvores e outros gatos apareciam mas não era só briga, também faziam amizades ou vinham comer ração. O Martim sentia falta disso e infelizmente depois de pouco tempo teve uma insuficiência renal aguda e partiu mas deixou muitas histórias e lembranças maravilhosas.
    Beijos

    • mbavaresco 16/01/2012 às 1:22 pm #

      Que dó! E ficam as boas lembranças né Laís?
      Obrigada por participar aqui e deixar teu relato.
      Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: