CEN 2010 – Capítulo 1 – por Claudia Porto

15 set

Aline F, Bianco, Zanesco e Claudia Porto na Cobasi

Vim conversando com Aline F, chegamos à conclusão que esse foi o melhor CEN de todos, sem a menor dúvida… Todo mundo super enturmado, muitas histórias já conhecidas e compartilhadas… Já temos uma história de vida bem grande em comum !!!

Do clima do CEN nem preciso falar, só quem vive sabe como é: a emoção de estar perto, a vontade de sair distribuindo abraços, aquele amor cantando no peito, a vontade de rir sem parar, o deslumbramento… É o momento onde nada que é pequeno importa, apenas o sentimento que a gente tem um pelo outro, por sermos o que somos: FAMÍLIA, com todas as letras e aventuras, toda a comicidade e confusão, todas as alegrias e discussões.

Lista Gatos é um prato muito especial e único, onde cada ingrediente, cada temperinho e cada ervinha é importante. 🙂

A viagem para mim começou alguns dias antes, e a emoção também. Foi quando finalmente sentei para montar o vídeo… E tive tantas oportunidades de pensar em cada um de vocês, de curtir as fotos, de lembrar momentos que nos marcaram, de sentir saudade e já uma ponta grande de ansiedade por saber que daqui a pouco tempo estaríamos juntos. Não vou mentir: chorei MUITO enquanto montava tudo, pensando em vocês, nos outros CENs, em tudo que já vivemos, nos que saíram da nossa vida em comum, nos que se foram para outra dimensão de tempo e espaço… Recordei tudo que a lista representa para mim, que é absolutamente TUDO de mais querido e lindo que tenho na vida.

E gente, quase que nada sai, quase perco esse momento… Porque deu tudo tão errado, mas tão errado, que, pensando bem agora, só poderia mesmo ter dado muito certo. 🙂 Foi gravador de DVD que se recusava a gravar, foi foto que não achava, foi vasculhar álbuns do Orkut, foi gato comendo meu pendrive enquanto eu salvava o trabalho, foi quase ter sido roubada levando o laptop para a escola, foi cartão de máquina que não abria, DVD gravado que simplesmente apagou tudo, enfim…Uma epopéia digna de making of, rs. Mas valeu MUITO a pena, sabia que valeria… Que bom que emocionei, era essa a intenção, soltar essa emoção imensa que nos une.

Queria agradecer muito ao Roberto, marido da Dri Z, porque se não fosse por ele, que salvou milagrosamente o vídeo de dentro do meu cartão de memória, tudo isso ficaria impossível.

Bem… Por onde começar ? Talvez pelo aeroporto, quando nos encontramos para embarcar, eu, Aline F e Andréa. Primeiro vôo dela, que várias vezes disse estar emocionada… E estava mesmo. Massss antes disso, como Bianco é Bianco, parou em um stand de revistas, onde “ganhou” uma mala… assinando revista, kkkkk… Marido no telefone: ainda nem saiu do Rio e já começou a gastar ? Gargalhada geral. Paramos para um lanchinho, embarcamos, e foi tudo de bom… Mesmo passando mal, Andréa não decepcionou, nos fez dar muitas e grandes risadas. Concordo com o que se disse: ela é a musa do CEN !!!!!! Imperdível, impagável. E Aline, nem preciso dizer, dá vontade de morder ( principalmente as coxas, me disseram, kkkkkkkk ).

Chegamos em Congonhas, começou: liga pra Leonam !!! E alguém tinha o telefone ? Nenhuma das três guardou, rs rs rs, isso que a coitada não parou de mandar pra lista. Ligamos pra Estela, necas, liguei sei lá pra onde, consegui o telefone, liguei, ela estava bem na nossa frente, kkkkkk… Tadinha !!!

Fiquei boba de ver como ela emagreceu, e fiquei tão, mas tão feliz de vê-la, porque em todo CEN é a mesma coisa, morro de vontade de passar mais tempo com ela e nunca consigo !!! Dessa vez deu pra curtir bem mais. 🙂

Pegamos as malas, e fomos para o primeiro destino: a casa dela, claro. Lá, encontramos os primeiros gatinhos da viagem. Amassamos muito a Brigite ( uma coisinha super docinha ), pentelhamos o Romeu, e eu, extremamente afoita, e descrente da mãe da mocinha, tomei uma linda patada da minha divina afilhada Sofia.:)

Fotos tiradas, gatos amassados até gritar, partimos para a casa da Estela. E foi uma delícia poder pegar no colo novamente minha amada Julie, que era da Inês… Uma sensação de paz estar com ela de novo, a mesma carinha, as mesmas tremelicadinhas, tão linda e tão fofinha… Também adorei rever a doce, grudenta e ciumenta Bianca, e os gatinhos que eu já conhecia, incluindo o Julio e a persinha bruxinha maravilhosa, que me foge o nome. E entre os que eu não conhecia, agarrei muito aquele gato preto divino, super redondo e carinhoso !!!

Estela dispensa qualquer comentário, ela sabe da importância que teve e tem para mim !!!

Da casa da Estela fomos para a casa da minha ursinha favorita, Dri… Pessoa tão doce, tão gostosa de se conviver. 🙂 E lá me acabei com as companhias das meninas. Pude finalmente abraçar a Sissy e agradecer pessoalmente todo o carinho e preocupação que teve quando adoeci, amassar a Dri, rever a amada maluca Marilia, conhecer melhor De Rosa, que no outro CEN quase não tive oportunidade… Fora a fofa e tímida Ny e a espevitadíssima Rafaela, rs. Nem vou falar da ísis, que carioca não conta, rs rs rs…

As comidinhas estavam deliciosas, ainda que a Dri dissesse e achasse o contrário, e foram muuuuuuito bem vindas, depois da viagem.

Depois, o “passeio de metrô”, a emoção de rever a Lila, amiga de muitos e muitos anos e muitas lutas e conversas infinitas na madrugada… Estava tão ansiosa para encontrá-la, mais ainda para dar um super hiper mega abraço, que tanto quis dar nos últimos tempos.

Aí chegamos na Pedaço de Pizza e a alegria foi total, além das já referidas, vi minha Je querida, primeira de todas as amigas, Re Garcia sumidaaaaaaaa e tão querida, Sandrinha sempre tão doce e tranquila, Clara que amo de paixão, André e Marjorie fantásticos ( tão bom encontrar meu praticamente irmão ao vivo, rs ), minha Ro LINDAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA de viver, Dri Fernandes doida de pedrinha, e claro e evidente, a AMADA Magalizinha, que estava doida para ver, doida para abraçar…

E que comilança, e que delícia, as conversas, as risadas, as maluquices… Na volta, caminhando até a pousada para “despachar” essas crianças, vim morrendo pela rua com a história do vibrador de 23cm usado encontrado ( e guardado, uiiiiiiii ) pelo André… Quase me mijei, rsrsrs…

De volta para a casa da Dri, ficamos gostosamente conversando até alta madrugada, eu estava tão feliz… Amo amo amo a Dri, e tudo que eu queria era ter um tempinho a mais com ela, foi tudoooo ter dormido lá. Quem não dormiu foi o pobre do marido, rsrsrs… Amassei muito as meninas lindas, fiquei impressionada com a beleza da Bianca, a doçura da Leslie e o tamaninhoooo “diminuto” da Aretha. 🙂

E lá fomos dormir, esperando ansiosas o novo dia…

Beijos, Clau

Anúncios

Uma resposta to “CEN 2010 – Capítulo 1 – por Claudia Porto”

  1. ADRIANA ZANESCO 11/01/2011 às 4:03 pm #

    Saudades de todo mundo, setembro, chegue logo please!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: